"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

14 de abr de 2011

e não percebi...


Quando teu olhar tocou o meu
E teu cheiro soprou em mim
Quando tua alegria resplandeceu em meu sorriso...

Quando tudo isto aconteceu, 
Eu não estava acordada
Estava dormindo e não percebi
Brincava de te amar, e por fim  te amei...
Mariane – acervo juvenil - 
imagem acervo Mariane

14 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Sonhos são bons por isso, tudo pode acontecer.
Bjux

MINHA LETRA disse...

O toque suave do sonho,humedece a tinta do coração.
aproveita o pincel da vida,
e pinta as tuas telas de sonhos!!!

paulo.anjo

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um poema juvenil lindinho. Beijos.

IT disse...

Se ama mesmo antes...
da percepção,do despertar de amar.
Aconteceu,acordou,brincou e, amou!

O tempo passou e as cores desta casa deixou saudades.

Beijinho ♥

Paulo disse...

Mariane,

Os amores juvenis são deliciosos. Na verdade, o tempo passa, a casa pode até ficar velha, mas nunca perdemos a capacidade de amar.
Tudo nos fez o que somos hoje, os acertos e, principalmente, os erros, mas a casa está lá, com uma história linda.
Beijo pra ti, Guria!

Fernand's disse...

"sonhos são experiências onde andamos sem colocar os pés no chão. literalmente".


bjsmeus

Sílc disse...

"Brincava de te ama, e por fim te amei..."
Lindo Mariane. Estou levando esse amor comigo.
Lá em casa há enfim, uma postagem para você bordar um retalho se desejar. Te espero.
Com carinho,
Síl

Mari disse...

... tudo pode acontecer... e até vir a ser real Wanderley... até vir a ser real!

Mari disse...

Que lindo Paulo!!!!

Em As cores que sou Minhas Letras se fez poesia!

Abraços

Mari disse...

Poema juvenil com jeito de amadurecente...

Abraços Carlos

Mari disse...

Linda e amada Irlene

Que carinho gostoso, continua a pintar taus cores aqui nesta grande tela da amizade!!!!

Logo, logo volto com mais cores...

Mari disse...

Obrigada Paulo!!!

Em tudo temos aprendizado, sim, isto é certo!!!

Mari disse...

Fernand's...
voamos....

Mari disse...

Silvia querida

... amei...