"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

1 de nov de 2011

I LOVE YOU




Seria o amor como vento que sopra?

Não o vemos,

Mas o sentimos por dentro... 

Os surdos podem não ouvir da mesma maneira que

nós ouvintes...

Mas têm sua maneira peculiar de sentir!
(MariAne 01.11.2011)


Imagem 1 google 
e
Imagem 2 google

6 comentários:

Flor de Lótus disse...

Oi,Mari!
Td bem?Nossa quanto tempo não passava aqui.
Com certeza cada u mtem sua forma peculiar de ver e sentir a vida...
Beijossss

Natália Campos disse...

Mui belo!

Erico disse...

Mari

ANTOINE DE SAINT- EXUPÉRY, disse um dia: " Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos."
Pois, agora digo: "Só se ouve com o coração. O essencial é inaudível..."

Lindo!

Abraços :)

IT disse...

"Só se ouve com o coração. O essencial é inaudível..." Erico


I Love You

Gersika disse...

os sentimentos vão além de nossos sentidos e são tão fortes que dão pane em todos eles, keikeiekiek. Abraço!

She disse...

Adorei! Saudades de vc queridona!
Beijo, beijoooo
She