"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

17 de set de 2010

O sentimento e o silêncio - Dueto


"Os sentimentos têm a capacidade de calar fundo, muito fundo.
E o que sentimos muito dentro de nós não chegamos a esquecer nunca (RAMON-CORTÉS)."
"E o silêncio, o que não foi dito, o que ficou amarrado em entrelinhas... 
É a única coisa que temos, mas que ao mesmo tempo machuca".

Resultado de um dueto de pensamentos entre
MariAne (As cores que sou).
Imagem Google

23 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Muito bom. Parabéns as duas.
Bjux

IT disse...

Apenas, a força deste silêncio com os seus "clarões" conseguem nos acolherem.
Apagá-los, nunca...

ONG ALERTA disse...

Sim verdadeiro, quando nos damos conta ele faz parte de nossa vida, paz.
Beijo Lisette.

Cantinho She disse...

Silêncios na verdade podem ser qualquer outra coisa, menos silêncio de fato... ficou sensacional... beijo, beijo! E excelente fds!
She

Cantinho She disse...

Ahhhh esqueci de falar da foto... menina que barato! Adorei tudo! Bjks!

Ana SS disse...

é por isso que anos após acontecimentos, podemos ressignificá-los em análise.
as coisas que foram sentidas estão em nós, ainda. mesmo que recalcadas.

A.S. disse...

Mariane...

Por vezes o silêncio grita!!!


BjO´ss
AL

Bípede Falante disse...

O silêncio carrega mesmo essa duplicidade, esse antagonismo do bem-estar e do desespero, de ser companhia ou solidão.
bj.

JB disse...

Estou de regresso! :)

Que bom é poder deliciar-me neste seu dueto... Por vezes, a palavra enfraquece o sentimento, mas também há momentos em que a palavra o intensifica!E o inverso tabém se aplica. Belo dueto!!!

Beijinho

b disse...

Calando fundo ou machucando, destaca-se o sentimento rubro da boca da imagem.
"tudo é vida", moça.

Baerdal disse...

O silêncio por muitas vezes grita ao peito para que esse possa procrurar caminhos de felicidades Ane.

Abraços de Baerdal

Mariane disse...

Enfim, após um jejum involutário de internet, posso agora retornar aqui...
Vamos agora por vez:

Wanderley, obrigada!

Mariane disse...

Irlene, sinta-se acolhida e acarinhada, no silêncio da alma e do coração.

Mariane disse...

Olá Lisette, bem vinda aqui!

Sim, e apenas nos conhecendo por completo saberemos como lidar, tanto como os sentimentos como com o silêncio.

Mariane disse...

Ei Sheila, tens razão. O silêncio até mesmo mudo como é, fala muito!

Mariane disse...

E ressignificar Ana, que processo complexo e necessário nos é!

Mariane disse...

E como grita, ensurdecer por vezes!
Sim A.S., por tantas vezes o silêncio grita calado.

Mariane disse...

Antagonismo, bela percepção a tua Bipede Falante!

Mariane disse...

Ei JB, do silêncio és portadora de conhecimento. Cabe aqui a ponderação de Bipede Falantem, quando menciona o antagonismo. Silencio - palavras; enfraquecimento - fortalecimento. Cada qual em seu momento preciso.
Que bom que gostaste do dueto, foi uma experiência nova e interessante.

Mariane disse...

Sentimo-lo como VIDA.
Barbara, vida sob a ótica que a colocar-mos.

Mariane disse...

Baerdal,
não ouso sequer comentar tua frase de tão perfeita que a mim soou,
grata!

Paulo disse...

Olá Mariane, Querida!!!

A união de dois seres humanos maravilhosos, só poderia resultar em um post maravilhoso desses... Adoro vc e adoro minha amiga IT... Vocês são demais!!!
O silêncio é a infinidade incontrolável de palavras, às vezes...
Um grande beijo, Mari, e parabéns!!!

Mariane disse...

Agradeço por mim e pela amiga Irlene, estas tuas palavras Paulo!
Foi uma experiência interessante, e penso em repeti-la em momento oportuno.
Ah, o silêncio, tão ambíguo em si mesmo...
Fico contente em ter tuas cores pintando por aqui, neste mosaico composto pelo sentimento de cada um que em visita deixa deixa impresso as próprias cores.