"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

26 de jan de 2011

Deixa-me acreditar...



Eu te assusto assim?
Desculpe, também estou assustada
Que fazer se me quero sentir amada?
Sentir tuas mãos a me guiar
Sentir-me desejada
Sei que não sou top model,
Mas sou Mulher
E como Mulher preciso ser vista
Ser amada, logo ao romper dos primeiros raios de sol
E no cortejo do dia vindouro
Ter somente a ti em pensamentos
Saber ser amada do jeito sou
Um dia a mais me sentir princesa
Mesmo que ao virar do relógio
Volte à realidade
Anseio teus passos em minha direção
Passos de Homem que conhecem o coração
Só amor?
Não, te enlaço em paixão!
Desejo que arde sem forma distinta
Apenas sinta, e deixe sentir
Compreenda amado meu
Para te amar completo
Primeiro preciso sentir-me amada
Talvez nem todas as mulheres sejam assim
Mas eu sou diferente, e daí
Reconheço-me assim
Sedenta de amor
Um amor em completude
Em atos, e palavras
Amor vivido e sentido
Venha, tens medo de sentir?
Sentir o ardor queimar o corpo
Em desejo que se faz chama
Despir o pudor
Rolar na lama
Brincar de namorar
E sem tardar
Levar a brincadeira a sério
Que ao entardecer, seja teu peito o meu aconchego
E no amanhecer, o enroscar dos nossos corpos
Se conheço o caminho?
Não! Aprendo contigo
Dia a dia me empenho na arte da sedução
De querer ver-te apaixonado
Dia e noite
Noite e dia
Só te peço
Se puderes, não desista de mim
Por que muitas vezes eu já me havia apagado
E deste caminhar, quero sempre levantar
E queria poder contar contigo ao meu lado
Deixa-me acreditar...
(MariAne 26.01.2011) 

imagem daqui

Estive uma semana em São Paulo, em breve retorno aqui, abraço a todos que vem me visitar!

25 comentários:

AC disse...

O amor tem mais brilho quando tecido em cumplicidade...
Belo, MariAne!

Beijo :)

Cantinho She disse...

Ai, ai... Suspirei...rs
Minha Linda, obrigada pelo carinho de sempre, tá?! ;)
Beijo, beijo em seu coração!
She

Helen O. Faria disse...

Nossaa..forte...rs
Ameii o post...ameii teu blog!
to te seguindo!

IT disse...

Eu te proponho...
neste momento,
tudo lá fora
deixar ficar,
eu te proponho...
no meu caminho
o meu abraço,
o meu desassossego,
entrelaçados a um
instante particular...
depois de tudo,
além de tudo...
te dá a minha paz!
Eu....te proponho...
Lampejos do meu coração
de um extremo ao outro
Dar-te ei o meu clarão
Acredite!
Eu te proponho...

IT ♥

mentoresdeluz.blogspot.com disse...

Olaamiga Mariane estou visitando teu blog paraconhecer e adorei este poema de amor tãolindo vou voltar mais vezes adoro poesias,se posivel venha conhecer meubloge´humilde mas tenho certeza que voce vai gostar ,tenha uma,boa tardebjs com carinho
Marlene

Flor de Lótus disse...

Ah o amor, ele faz a vida ter mais cor, mais brilho, tudo parece ficar mais bonito...
Então acredite no amor, se tu não acreditares nele quem irá acreditar?
Beijosss

Mari Marques disse...

Mari,.
seus comentários são sempre tão
poistivos.
Adoro ve-la por lá!
Adorei esse poema, lindo mesmo!
:D

Leo disse...

Uau, suspirei!!!!

Um Beijo!!!

Lily Roberta disse...

Prazeroso ler um blog recheado de um pouco de tudo...Gostei das palavras soltas e fortes,um pedido de amor...Perfeito! gd Abço...(seguindo)

Alicia disse...

Deixa...

Marinha disse...

Me tiraste o fôlego com tua escrita!
Saudades de ti, amiga! Postei uma poesia animada para os amigos conquistados a partir do blog. Quando tiver um tempinho, passa lá.
Bjo e sorrisos pra ti, MariAne

IT disse...

Volte amiga!

Saudades desta flor.

Falta aqui a presença desta menina,
o que vejo?!Um olhar oceânico.

Beijinho ♥

MariAne disse...

AC, que brilhe a cumplicidade, abraços

MariAne disse...

Suspiramos, Sheila, suspiramos...

MariAne disse...

Bem vinda neste borão de tintas Helen...
Fique a vontade de voltar quando quiser, aqui as cores encontram todas as nuances...

MariAne disse...

Carinho aceito minha amiga IT, obrigada pelas belas palvras emergidas do teu coraçao!

Beijos

MariAne disse...

Marlene, seja bem vinda a esta casa de multiplas cores.
Logo mais te visitarei, me aguarde.
Abraços

MariAne disse...

Eu acredito no amor Sibele, ah, por certo que sim!
Acredito que o amor é essencial a vida, assim como tua Flor de Lótus brota da lama e mostra-se na mais pura flor!
Beijos

MariAne disse...

Mari, Mari...
Nutro um carinho especial por ti, menina! Volta sempre.

MariAne disse...

Suspirou Leo?
Suspiramos... e em novo folego, continuamos.
Abraços da Mari

MariAne disse...

Lily, que prazer imenso receber novos visitantes nesta miscelania de cores, fique a vontade em deixar aqui tuas pinceladas.
Um pedido de amor... sim, um pedido de amor!

Abraços

MariAne disse...

Querida Alicia

... eu acredito...

MariAne disse...

Querida Marinha,
perdoa-me a ausencia, estive fora por uns dias, logo mais passo em tua casa pra te ler.

Ficou sem folego? Volta logo a respirar menina...

beijos
desta Mari

MariAne disse...

Voltei amiga do coração IT, voltei! Em passos lentos, mas voltei.

Olhar oceânico??? rssrsr gostei...

Erico disse...

Olá!

Querida, o dia em que desacreditarmos do amor...Ele morrerá...
Lindo, como tudo o que faz!
Vamos viver o amor intensamente!

Beijos :)