"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

20 de jan de 2011

Liverdade.wmv



Para os apreciadores da arte, mais um presente na criação e composição do poeta e músico Carlos Cidade
cidade@netuno.com.br
 
Sentimentos emoldurados com palavras que invadem os mais duros corações. Obrigada Carlos, pelo empréstimo da tua obra prima...

6 comentários:

Helcio Maia disse...

Imagine a invasão em corações não duros!
Obrigado pelo presente.

MariAne disse...

Helcio,

O Carlos Cidade possue uma música mais linda do que outra, o presente é ele que nos dá.
Pouco a pouco, trarei elas pra cá. A musica em poesia dá mais cor a esta minha casa.

Leve contigo esta melodia linda!

Wanderley Elian Lima disse...

Lindo, música e imagens. Amei.
Bjux

MariAne disse...

O que é belo deve ser apreciado, aproveite Wanderley.

Ana SS disse...

Delícia de passeio aqui!

MariAne disse...

Aproveite o que te faz bem,
Beijos Ana