"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

9 de mai de 2012

Meu encontro contigo




MEU ENCONTRO CONTIGO
Gritei pelo passado e recebi um tapa da Vida.
Gritei pelo futuro e um bloco de silêncio caiu a meus pés.
Gritei pelo presente e um clarão de alvorada veio dar-me um abraço.
A sombra da felicidade perpassou pelos caminhos de minha alma e se escondeu dentro de meu silêncio.
Minha solidão fugiu pela vereda das horas.
Senti uma vontade impetuosa de embarcar numa galáxia e transpor a barreira do Infinito.
Saí pelo horizonte da Vida jogando bênçãos para o amanhecer dos dias.
A juventude que mora em mim pegou um raio de sol e traçou com ele o rumo de meu destino.
Encontrei-me com a manhã e dei-lhe um abraço.
Recebi um presente de Deus das mãos de um estrela.
A Vida nasceu dentro de minhas veias e a Felicidade transfigurou meu coração.
Foi apoteose
De Luz
De Felicidade
De Amor
.... Encontrei-me contigo!
(Euclides C. da Silva

Nenhum comentário: