"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

27 de ago de 2010

Espectro de Homem

Quem passou pela vida em branca nuvem
E em plácido palácio adormeceu,
Quem não sentiu o frio da desgraca,
Quem passou pela vida e não sofreu,
Foi espectro de homem - não foi homem,
Só passou pela vida - não viveu.
(Francisco Otaviano)

14 comentários:

Cantinho She disse...

Sensacional, Mari, beijo, beijo querida! ;)
She

Mariane disse...

É o show da vida She!

IT disse...

Caminho por ela, caindo sete vezes, sete vezes levantarei, ainda que restar uma essa serei eu!

Eu vivo!...uma mulher, um só coração.

Dela que vos fala.

Mariane disse...

Irlene: Palmas pra ti! Estarei a contemplar esta mulher no Som do coração.

Desta que te ouve

Renata Bezerra disse...

É o que eu sempre digo... Não quero simplesmente passar pelos dias.

Beijo, Mari.

Mariane disse...

Olá Renata, saudades tuas aqui! Que bom te ver!!!

Há aqueles que vêem os dias passar por suas vidas, e outros que fazem suas vidas passar pelos dias.
Eu escolho passar pelos dias intensamente!

Maravilhoso final de semana pra ti!
Beijos desta MariAne

Ana SS disse...

Existir e viver...coisas distintas.

Mariane disse...

Filosofamos Ana!

Eu vivo porque existo ou existo porque vivo...
Eis um questionamento interessante!

Feliz por tua visita aqui,

Beijos filosóficos
Da MariAne

Mari Marques disse...

"hoje escreves com seriedade"
pocha me senti a palhaça plena!
rsrs
obrigado pelas visitas sempre!
seu blog está cada dia mais reflexivo, um must!
bju
da outra mari

Mariane disse...

Ah Mari...

É que o tema que você postou foi mui refelxivo!

Gosto de te ler sempre.

Beijocas desta Mari daqui...

Patrícia Gonçalves disse...

Linda, o poema é lindo, mas depois do que já vivi, juro que prefiro passar em brancas nuvens os anos que me restam!

Beijo grande!

Mariane disse...

Nuvens brancas com sabor de algodão doce pra ti minha querida!
Beijos meus com sabor melado de criança sapeca, como as jujubas de lá...
desta Mari de cá!

Acir disse...

Mari, voce faz que cada dia da minha vida seja uma nova aventura, Valeu por não me deixar ser um espectro!

Mariane disse...

Acir, fico feliz em ter tuas preciosas cores pintando também aqui!

Posso ter mostrado possibilidades, mas lembra-te as escolhas são tuas.

Ao abrir os olhos, superando densas névoas, poderemos sentir o florescer deste colorido jardim!

Venha aventurar-se comigo na descoberta de novas flores!
Beijos desta MariAne; por vezes Mari, e outras tantas Ane...