"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

5 de ago de 2010

Essência


"A forma como trilharemos o caminho da individualidade dependerá das experiências vividas por cada um de nós. É um processo em constante movimento e transformação"
(Samara Jorge, psicóloga junguiana).

6 comentários:

IT disse...

"Algo que posso oferecer e ainda possuir.
vontade de colori o outro...sempre!"

...minha própria necessidade de irradiar "luz" e receber da mesma forma.

Um olhar esqueci aqui.

Mariane disse...

Esquecido não é perdido, volta sempre com teu olhar e tuas palavras sonoras Irlene, és muito bem vinda!

Beijos
Mari

Ana SS disse...

como sempre...depende muito mais do que fazemos com a realidade, do que como ela se apresenta a nós.

Mariane disse...

Exato, e respeitando a subjetividade de cada um como única e inegualável, despojamos-nos de pré-julgamentos. Cada um significa a realidade segundos sua experiencia de vida!
Ana, fico feliz poder contar com tuas palavras por aqui, ajudam-me a refletir sempre um pouco mais!
Beijos filosóficos
da Mari

JB disse...

"... experiências vividas por cada um de nós" e acrescentaria "e com os outros"!

Gostei do seu espaço!

Beijinho

Mariane disse...

Valeu o acréscimo e a tua visita JB, as cores de cada um tingidas neste espaço o tornam mais colorido,
Abraços
De uma Mari