"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

3 de ago de 2010

Vivo por Amor


"Amor na flor plantada na terra,
Suspensa no espaço
Nos olhos fechados do ser encantado
Amor nas pessoas, explicado por palavras,
Entendido com a alma
Amor que agita e acalma,
Que transborda e esvazia a vida de amantes
Ame, ame o amor
Então abrace, sorria, olhe, aproxime-se,
Revele-se, transforme-se...
Viva por amor".

Fragmento da música Vivo por Amor, autoria de Carlos Cidade, um anjo na forma de homem que faz das palavras sentimento puro e da melodia expressão sincera. (Vivo por Amor do CD Filomântico gravado por: http://www.estudiojaragua.com.br/ ).

6 comentários:

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

ei boa tarde!! passa la no meu cantinho tem selinho do dia dos pais para vc!!esta postado no inicio do meu blog fique a vontade tem varios.

Mariane disse...

Olá casal Marcia e Carlos, confesso que já tentei resgatar o selo em vosso blog, mas não consigo abrir-lo, é um pouco pesado pelas configurações que tenho por aqui. Mas desde já agradeço o carinho.
Mil beijinhos
Mari

Mari Marques disse...

Ah o amor...
uma beleza.
Adoro seus poemas singelos!

:D

Mariane disse...

O Amor, fonte inesgotável que alimenta de tantos corações.
Agradeço Mari, mas este que aqui lês não é de autoria minha não, como mencionei é fragmento de uma música muito linda de um artista aqui da terra. Gostaria de postá-la, mas ainda não consegui um conversor de música para MP3... ainda chego lá, srsrs

Teu blog está uma delícia
Beijos
da outra Mari

carlos cidade disse...

Aqui
Deparei-me com beleza,
Leveza, sutileza, gentileza...
Nutri-me e aceno com gratidão
pela generosidade revelada
Nas palavras tuas
Abraço fraterno

Carlos Cidade

Mariane disse...

Grata surpresa!
Quanto tanto em tuas palavras,
que de emoção calam as minhas...
Ah! Carlos e Tania, muita alegria tê-los aqui neste meu refúgio. Sintam-se a vontade nestas cores que se mesclam.
Veja, são tuas palavras e emoções que pintam o quadro deste post, obrigada pelo empréstimo.
Beijos mil,
De uma Mari, por vezes Ane