"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

13 de jul de 2010

Experimento


Experimento a saudade guardada no paladar da última taça de vinho que provamos...

3 comentários:

IT disse...

Sentes frio em desalinho
nada mais resta,faça versos
e beba mais um taça de vinho

Um brinde a sua saudade...saúde!

É preciso voar!
Ainda que seja.... um vôo rasante.
(estou reaprendendo a voar)

Mariane disse...

Se achegue Irlene, senta e toma comigo outra taça de vinho, trocaremos falas, risos e saudade e porque não planejar um vôo rasante. Ah, deixaríamos muitos com água na boca... em todos os sentidos!

IT disse...

...com prazer! com prazer Mariane.
Brindaremos os nossos "experimentos".