"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

25 de jul de 2010

Sutilmente

"E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe
[...]"

Linda música de Skank Sutilmente , a letra diz o que as palavras disfarçam...

6 comentários:

Ana SS disse...

Delícia de música. Delícia de palavras.

Mariane disse...

Delícia tua visita...

IT disse...

"Quando eu estiver fogo
suavemente se encaixe"

"encaixe" que queime, arde e não dói!
Tamanho exato de nossos desejos e sonhos.

Sutilmente....

Mariane disse...

E quando estiver triste simplesmente me abrace...

Beijos Irlene!

Renata de Aragão Lopes disse...

Bonita letra!
Buscarei ouvi-la!

Beijo,
Doce de Lira

Mariane disse...

O Skank traz nesta música, com letra e melodia muito conteúdo, dedica-te a ouvi-la com atenção e te surpreenderás com certeza,
Beijos