"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

18 de jul de 2010

Atreve-te

Queres saber o que estou pensando?
Tens que aprender a ler meus olhos
Chega mais perto
Atreve-te
O que eles te dizem?

6 comentários:

Ana SS disse...

Os olhos são perigosamente sinceros.

Mariane disse...

É verdade Ana, com o sorriso podemos maquiar nosso sentimento conforme a situação pede; já os olhos, ah, estes deletam tudo perigosamente sinceros...

Eu disse...

Os olhos dizem muuuiito! Sempre acreditei nisso! é como ler nas entre-linhas e fazer esta leitura é pra poucos pois exige uma grande sensibilidade!
Bjus

Mariane disse...

Total verdade Eu... Tens percepção aguçada e sensibilidade apurada.
Beijos, e não deixa de carimbar tuas palavras e teus sentimentos nesta tela abstrata que juntas pintamos.

IT disse...

"Os olhos, por vezes nos anunciam, por vezes nos denunciam"

"Há pessoas que falam através dos olhos e há pessoas que calam profundamente"

"Há pessoas que somente com eles, dançam, amam, e se extasiam qdo encantados ficam"

"A menina de seus olhos, conhece-te"

Irlene

Mariane disse...

Olá Irlene, novamente abrilhantando com suas letrinhas maravilhosas...
Nossos olhos, janelas do coração.

Beijos