"Há um momento em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os caminhos antigos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia - e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (PESSOA, Fernando)

"Procuro despir-me do que aprendi. Procuro esquecer do modo de lembrar que me ensinaram. E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos. Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras. Desembrulhar-me e ser eu." (PESSOA, Fernando)

15 de jul de 2010

Vida real

Hoje não vou falar de sedução, mistério e nem desejos, tão pouco vou fazer proposta indecente...

Vida real! Primeiro trocamos a máquina de lavar roupa, depois a geladeira, em seguida minha batedeira resolveu parar de funcionar, agora o liquidificador aderiu a aposentadoria... Pouco a pouco estamos obrigados a trocar tudo... e quando me dou conta resta pouco daquilo que iniciou conosco nesta jornada chamada casamento. A beira de completar 20 anos de união espero não ser eu o próximo item da lista a quebrar ou ser trocado...

4 comentários:

Ana SS disse...

Hahahahaha
Esperamos...!

Mariane disse...

Que fique registrado: 01 de setembro. Será que ele me suportará até lá....rsrr

Beijos Ana!

Anônimo disse...

Olá MariAne!!!
Estou dando uma espiadinha e cheguei aqui...não resisti...
Pois me pergunto que posição tomamos em nossas vidas...
quando alguém desiste de você,
quando você desiste de alguém ou
quando você desiste de si mesma....
afinal tudo é metamorfose.
Assisti ontem a um filme que me fez refletir nisso: Tara road Aprendendo a viver, onde duas mulheres, uma americana e outra irlandesa,vivendo momentos cruciais em suas vidas acabam trocando de casa dando um tempo para refletirem sobre suas angústias e sofrimentos. Há momentos que exigem mudanças e acredito que a melhor mudança é a "mudança de olhar" para as mesmas coisas. Acredito que aí sim descobrimos o "novo" em nossas vidas.
Felicidades e parabéns pela delicadeza a ao mesmo tempo profundidade do Blog... adorei
Bjo
Elenir

Mariane disse...

Bem vinda Elenir, quanta honra tê-la por aqui, fica a vontade e espie o quanto quiser, tuas palavras sinceras ajudam a dar um colorido todo especial a este lugar.
Já assisti este filme que mencionas, realmente, ele nos remete a uma reflexão profunda, se assim nos permitirmos.
Gostei quando dizes: "mudança de olhar", registro aqui, que esta mudança de olhar, também influencia uma mudança de atitudes que tomamos frente as mesmas situações de outrora...

Muito grata pela tua colaboração por aqui, e quando quiseres deixar tuas cores, elas sempre serão bem vindas a esta tela virtual da vida!
Beijos de uma Mari, por vezes Ane